Polycart. Notícias

Lançamento do novo P130 Aisle Rider.


Lançamento do novo Polycart P130 Aisle Rider.

O mês de Noviembro de 2011, estará disponível o Novo Polycart P130 Aisle Rider, um carrinho para todos os tipos de supermercados continuando a bem sucedida linha de desenho do P100 Urban Shopper.

O novo P130 Aisle Rider estará disponível com e sem cadeira de criança.

Na mesma data também seré apresentada a cadeira de criança do modelo P100 Urban Shopper.

Siguiente Noticia

Polycart na feira World Food Moscow 2011 de Rússia


Polycart na feira World Food Moscow 2011 de Rússia.

De 13 a 16 de Setembro de 2011, nosso distribuidor na Rússia, Nordicbasket, expôs os carrinhos Polycart na feria World Food Moscow 2011.

http://www.world-food.ru

Polycart na feira World Food Moscow 2011 de Rússia

Siguiente Noticia

Polycart na feira Retail 2011 de Australia


Polycart na feira Retail 2011 de Melbourne, Australia.

De 13 a 15 de Setembro de 2011, nosso distribuidor na Australia e Nova Zelândia, QHDC Australia, expôs os carrinhos Polycart na feira Retail 2011 de Melbourne, Australia.

http://www.retailexpoandconference.com.au

Siguiente Noticia

O Polycart na feira Expo Pack 2011 de México.


Polycart na feira Expo Pack 2011 de México.

De 21 a 24 de Junho de 2011, nosso distribuidor no México, Cierres Flexibles, expôs o Polycart na feira Expo Pack 2011 de Ciudad de México, México.

http://www.expopack.com.mx

O Polycart na feira Expopack de México

Siguiente Noticia

Polycart apresenta o novo P100 Urban Shopper na EuroShop


Polycart apresenta o novo P100 Urban Shopper na EuroShop.

O novo Polycart P100 Urban Shopper, foi apresentado em EuroShop.

Este é um novo conceito de carrinho muito elegante e robusto focado a lojas mais pequenas e como carrinho auxiliar para supermercados grandes e hipermercados e que, graças ao seu elegante desenho, leveza e manejabilidade, também pode ser usado em aeroportos.

http://www.euroshop-tradefair.com/

O Polycart na feira EuroShop de Düsseldorf

próxima notícia

Polycart na feria EuroShop 2011 de Düsseldorf.


Polycart na feira EuroShop 2011 de Düsseldorf.

De 26 de Fevereiro a 2 de Março de 2011, en Düsseldorf, Polycart participou na feira EuroShop.

http://www.euroshop-tradefair.com/

Polycart na feira EuroShop 2011 de Düsseldorf.

próxima notícia

Polycart na feira Expo ANTAD


O Polycart na feira Expo ANTAD 2011 de Guadalajara, México.

De 9 a 11 de Março de 2011, nosso distribuidor no México, Cierres Flexibles, expôs o Polycart na feira Expo ANTAD 2011 de Guadalajara, México.

http://www.expoantad.net

Polycart na feira Expo ANTAD de Guadalajara, México

próxima notícia

Polycart na revista Points de Vente.


Polycart na revista Points de Vente.

O grupo espanhol propôs uma nova geração de carrinhos mais leves que os modelos de metal. Fabricados em polipropileno podem ser produzidos em cores diferentes. O material de que são feitos os carrinhos Polycart e adequado para uso alimentar porque não contêm sustâncias tóxicas. Feitos inteiramente de plástico, estes carrinhos são totalmente recicláveis e a sua distância de encaixe é mínima (menos de 250 mm.). São concebidos para acomodar até quatro painéis de publicidade em torno de sua cesta. Sendo de plástico, o Polycart é 100% compatível com faturamento automático através de tecnologia RFID.

A tecnologia RFID, o futuro dos carrinhos.

A Tecnologia de Identificação por Radio Freqüência (RFID), permite identificar um objeto, fazer a rastreabilidade e conhecer as suas características a distância pelas etiquetas transmissoras de ondas de rádio incorporadas ao objeto.

A RFID optimiza a leitura das etiquetas y fornece a informação dos produtos em tempo real. Usada inicialmente como um anti-roubo, a RFID está destinada a substituir os códigos de barras no supermercado. Especificamente, basta passar através de um arco para obter o tíquete de compras sem ter de depositar os artigos sobre a esteira da caixa.

Perspectivas.

A automação das caixas registradoras avança nos supermercados. Os carrinhos da nova geração já são compatíveis com faturamento automático através de tecnologia RFID.

As estruturas de metal pesadas estão em declínio. Os carrinhos manejáveles, mais leves e silenciosos, e sobretudo, adaptados ao volume de compras, são hoje o que os clientes exigem. Mais ecológicos e econõmicos, os modelos feitos inteiramente de plástico são totalmente recicláveis.

Siguiente Noticia

O Polycart na revista A1 Retail Magazine


O Polycart na revista A1 Retail Magazine Euroshop Preview.

Com uma estrutura compacta, o carrinho de plastico Polycart oferece a experiência de compra mais cômoda por sua leveza e silêncio. Mantém sempre o alinhamento correto das rodas ao longo de sua longa vida, assim o carrinho sempre vai reto, ao contrário do que acontece com os carros feitos com metal. Nunca enferruja, sendo o carrinho mais durável e respeitoso com o meio ambiente. Nenhum processo de metalização intervém na fabricação dos carrinhos e eles podem ser facilmente reciclados em qualquer instalação local para reciclagem de plásticos.

próxima notícia

Polycart na feira Belproduct de Minsk


O Polycart na feira Belproduct 2010 de Minsk.

De 7 a 10 de Dezembro de 2010, foi exibido o Polycart na feira Belproduct 2010 de Minsk, Bielorrúsia.

http://www.greenexpo.by

O Polycart na feira Belproduct de Minsk

próxima notícia

O Polycart na feira Peterfood de São Petersburgo


O Polycart na feira Peterfood 2010 de São Petersburgo.

De 15 a 17 de Novembro de 2010, en São Petersburgo, foi exibido o Polycart na feira Peterfood 2010.

http://peterfoodfair.imperiaforum.ru

próxima notícia

O Polycart na feira Shop Design de Moscou


O Polycart foi exibido na feira Shop Design & Retail Tec Russia de Moscou.

De 14 a 16 de Setembro de 2010 , en Moscou, foi exibido o Polycart na feira Shop Design & Retail Tec Russia.

http://www.shopdesignrussia.com

O Policarro na feira Shop Design de Moscou

próxima notícia

AIMPLAS garante a qualidade de uma nova geração de carrinhos de supermercado


AIMPLAS garante a qualidade de uma nova geração de carrinhos de supermercado.

Aimplas

A impresa Industrias Tomás Morcillo, S.L. fabrica em exclusividade para todo o mundo o Polycart, um carro de supermercado monobloque 100% de prolipropileno reciclável.

AIMPLAS, ao Instituto Tecnológico do Plástico, através de seus laboratórios físico-mecánico e de metereologia,realiza ensaios técnicos necessários sobre este Polycart de acordo com a norma em vigor UNE EN 1929-1:1998 que regula os carros de supermercado, assegurando a qualidade dos mesmos e garantindo seu bom funcionamento para sua posterior posta no mercado.

AIMPLAS foi criada em 1990 como associação empresarial de ámbito nacional e internacional,pertence à rede de Institutos tecnológicos da Comunidade Valenciana (REDIT) e é membro ativo das seguintes redes de Centros Tecnológicos: EUROPLAS, SusCompNet, IBERO-CIT e FEDIT.

próxima notícia

ITM faz um carrinho de supermercado, com maior durabilidade e sustentabilidade.


ITM faz um carrinho de supermercado com maior durabilidade e sustentabilidade.

A Conselheira de Indústria,Comércio e Inovação apresenta o Polycart, um carro de supermercado de maior durabilidade e que respeita o meio ambiente, fabricado pela firma valenciana Industrias Tomás Morcillo, S.L..

Durante sua visita a esta empresa, a Conselheira de Indústria,Comércio e Inovação, Belén Juste, se referiu ao carácter inovador das empresas da Comunidade Valenciana, e manifestou que o novidoso carro é um "claro exemplo de que as firmas da Comunidade são pioneiras em inovação,com produtos novidosos,de qualidade e de alto valor", explicou Juste, quem assegurou que "garante à empresa uma ampla presença internacional e uma oportunidade de negócio exclusiva".

Indústrias Tomás Morcillo, S.L., dedicada à fabricação de peças de plástico por injeção e matriceria, fabrica em exclusiva para todo mundo o Polycart, um carrinhoo de supermercado que apresenta maior durabilidade que o carro de ferro e é repeitoso com meio ambiente.

Se trata do início de uma "nova geração de carrinhos", que é o único de fabricação monobloque 100% de polipropileno totalmente reciclável, explica Juste. O material em que é fabricado é apto para o uso alimentário já que não tem aditivos tóxicos. Sua comodidade e a facilidade de manejo "são outras vantagens deste Polycart", agregou.

Para a Conselheira de Indústria,Comércio e Inovação, "indústrias como Indústrias Tomás Morcillo, aproveitam perfeitamente os instrumentos da inovação, com o fim de aumentar sua competitividade e sua presença tanto dentro como fora de nossas fronteiras".

Internacionalização

A Conselheira de Indústria,Comércio e Inovação apontou que "inovação e internacionalização, características desta firma, são dois dos igredientes mais importantes para sair reforçados da situação de crise atual". Por isso animou, às empresas valencianas a "fazer uso dos instrumentos que desde o Instituto Valenciano de Exportação (Instituto Valenciano de la Exportación - IVEX) se coloca ao alcance das empresas para sua implantação e consolidação no exterior".

"Además, -continuou Juste- os produtos desta empresa, como o Polycart, se adaptam às necesidades dos mercados e dos consumidores o que supõe vantagens competitivas para a própria empresa por economia e rentabilidade, e aos clientes por segurança e comodidade."

A Conselheira de Indústria,Comércio e Inovação aproveita a visita para "animar às empresas como Indústrias Tomás Morcillo que tenham progetos inovadores a que façam uso dos instrumentos que desde o Instituto de Medianas e Pequenas Indústrias Valencianas (IMPIVA), IVEX e as diferentes Direçoes Gerais colocamos ao seu alcance".

A Conselheira de Indústria,Comércio e Inovação também informou sobre o Plano Especial de Apoio aos Setores Produtivos (Plan Especial de Apoyo a los Sectores Productivos) que se pôs em marcha recentemente dentro do Plano de Confiança (Plan de Confianza) e que se centra em "incrementar a produtividade e competitividade da Indústria e os Serviços", manifestou a Conselheira.

próxima notícia

A compra do futuro


A compra do futuro.

Os envases do futuro serão inteligentes. Serão porque terão a capacidade de indicar-nos se os alimentos e cosméticos que contém estão em bom estado de conservação ou não.

E à hora de fazer a compra também se avezinham novidades para os clientes e vendedores. As esteiras dos caixas de cobrança, bem como os carrinhos metálicos dos supermercados estão chamados a desaparecer deste habitat. Em seu lugar carros de plástico e arcos como os dos aeroportos simplificarão e acelerarão todas as tarefas de faturação. Tudo graças à pujante tecnologia de Identificação por Radiofrequéncia (RFID), cuja principal aplicação atual como medida anti-roubo em uns poucos produtos não é nem uma quinta parte das que pode suportar.

Empresas valencianas como Caiba,Cárnicas Serrano ou Industrias Tomás Morcillo estão manejando toda esta tecnologia em seus departamentos de I+D e fazem pensando em um modelo logístico e comercial que pode parecer de ciéncia ficção, porém que está a menos de 10 anos de distância.

Atualmente a aplicação da tecnologia de Identificação por radiofrequência (RFID) é incipiente nos processos de logística interna e intermediária, porém, em menos de uma década podemos contar com que esses dispositivos relevem ao código de barras nos supermercados. Desta forma, com somente atravessar um arco leitor poderemos ter nosso ticket de supermercado pronto sem depositar um a um os produtos sobre a esteira do caixa.

Assim ao menos crê firmemente Tomás Morcillo, presidente da Companhia de Injeção de Plástico do mesmo nome. Por isso,já estão trabalhando em ambos lados da cadeia de distribuição: ao começo com uns paletes em nos que se integra de forma definitiva a etiqueta, e ao final com um carro fabricado integramente em plástico e que entre outras virtudes conta com a de ser totalmente transparente para os leitores destes dispositivos, explica.

A vantagem de aplicar uma tecnologia deste tipo individualmente a todos os produtos nos lineais é evidente. Se terminariam as perdas desconhecidas,também os roubos e as falhas de reposição.

Tal e como descreve Morcillo, "a estanteria leva um receptor e detecta quando um produto não está em seu lugar e também se já levaram sem ter que esperar que o cliente saia da loja,o qual é muito útil em um sábado pela tarde em hora de pico."

Algumas cadeias de supermercado em Alemanha como a Metro estão mais próximos deste futuro imediato e já introduziram este modelo de compra em uma loja piloto que batizaram como supermercado do futuro.

A principal barreira para sua generalização continua sendo o preço, que todavia supera os 10 cetavos de euro. Porém,a produção massiva de dispositivos já é uma realidade.

Pensando nesta loja do futuro, ITM começou a produzir as primeiras unidades de seu Polycart, um carro de supermercado fabricado unicamente com polipropileno virgem cuja vantagem frente aos metálicos é que pesa só 14 quilos, menos da metade, e que é indeformável e resistente à intempérie.

Uma vez que se generalizem as etiquetas RFID não só será melhor, senão que serão imprecindíveis porque o carrinhoo metálico faz um efeito jaula e impede a leitura das etiquetas, además de produzir interferências no interior das lojas.

próxima notícia

O carro se a dapta à tecnologia RFID


O carrinho se a dapta à tecnologia RFID.

A etiquetagem de produtos com tecnologia RFID incorporará múltiples e irrenunciáveis vantagens, porém atualmente enfrenta a um inimigo no setor minorista, o carrinho de compra. Esta problemática se pode resolver com carros de compra de prolipropileno que permitem uma leitura nítida e sem interferéncias nas zonas de interrogação RFID. Espanha investigou e desenvolveu o Polycart, atualmente comercializando-se como único carro do mundo fabricado em uma só peça de plástico reciclável. O carro é leve, manejável e suave. Además, não se oxida, característica que lhe proporciona um ciclo de vida mais elevado.

AECOC, (Asociación Española de Códigos de Comercio), em seu centro de demonstração de Barcelona, expõe além dos últimos avances em etiquetagem letrânica, um Polycart como primeiro carro de supermercado compatível com a tecnologia RFID.